Esqueci minha senha

Entrada de Música Clássica Árabe

Escrito por Thays Alessandra

Para se dançar uma música clássica árabe o primeiro quesito a ser estudado é a sua entrada.

As entradas das músicas clássicas costumam ter uma estrutura básica em comum: primeiro uma introdução da música, em seguida a chamada da bailarina e por último a sua entrada.

 

thays_alessandra

 

Esses são os termos que costumo usar, mas você pode conhecê-los com outro nomes.
Vejamos então cada um dos momentos e suas estruturas.

 

Na introdução da música normalmente não se dança, por que é o momento em que a banda se apresenta e apresenta os seus respectivos instrumentos, colocando assim o público sob expectativa. Cada música clássica apresenta a sua própria introdução, caracterizando assim a composição da mesma.

 

Já na chamada da bailarina a música cai, geralmente para uma percussão, e é o momento em que a banda avisa a dançarina de que ela deverá se apresentar ao público. É de bom tom que a mesma aguarde, mas também, caso desejar poderá entrar em cena. Eu já vi e gostei de apresentações em que bailarinas entraram nesse momento apenas caminhando ou já executando passos de dança.

 

E por fim na entrada da música, sente-se a presença de uma melodia forte e fluida, esse é o ponto que indica que a dançarina deve estar em cena e efetuar passos de deslocamento, a fim de, se apresentar perante ao público. Nesse momento é importante que a bailarina não só se apresente, mas também, conquiste as pessoas, já que é o seu primeiro contato  com as mesmas.  Eu prefiro quando a entrada é feita com o véu, por que este é um elemento que engrandece a dançarina e torna o momento lúdico, mas,  já vi apresentações em que  bailarinas não utilizaram véu e também não ficaram devendo nada.

 

Vale lembrar que essa estrutura básica é encontrada em grande parte das músicas clássicas, mas podemos encontrar músicas que seguem parcialmente ou nem seguem a risca essa estrutura.

  

É de muito bom tom recorrermos às regras da dança para executarmos a entrada, mas acredito que a bailarina tem sim como opção escolher fazer de uma outra forma.

 

Seguem abaixo dois vídeos de duas bailarinas brasileiras, Nesrine e Kahina, as quais eu admiro bastante e me espelho para me apresentar e realizar meus estudos, demonstrando os momentos acima mencionados:

 

Introdução: 0:00- 0:11
Chamada: 0:12-0:17
Entrada: 0:18-

  

Introdução: 0:00- 0:14
Chamada: 0:15- 0:23
Entrada: 0:24-

 

 

Thays Alessandra é bailarina e professora de Dança do Ventre na Shangrila House, em São Paulo.

 

Vídeos


Veja Mais ver todas +

Nuvem de Tags

professora cairo homenageadaliteratura brasil bailarinabailarina homenagemartigo dança dança do ventre egito central danca do ventre vídeos artebailarina homenageada musicarevista