Esqueci minha senha

Como uma boa aula de Dança pode nos levar além

Escrito por Mariana Lolato

Como uma boa aula de Dança do Ventre pode nos levar além

 

Fazer aulas é a melhor forma de aprender Dança do Ventre, você concorda?

 

E como aluna há anos descubro que boas aulas de Dança do Ventre fazem muito mais por nós do que ensinar passos e músicas. Uma boa aula é capaz de fazer a gente ir além. Além do que somos. Além do que achamos que podemos ser. E isso é um grande presente em nossa vida.

 

Por exemplo, quando a gente começa a fazer aulas a gente nem imagina que vai fazer tantos movimentos no corpo, pois a gente sequer sabia que o corpo fazia tais movimentações.

 

A gente também não imaginava que subiria num palco um dia, com toda a iluminação, com nosso figurino, e com o rosto maquiado, dançando feliz diante de tantas pessoas.

 

A gente não sabia que nossa alma e nosso corpo guardava tanta beleza. Beleza esta única, que cada um tem, e que nada tem a ver com padrões impostos externamente. A dança faz a gente se redescobrir. Se você já sentiu isso, sabe do que estou falando.

 

Na execução dos passos muitas vezes é comum também a gente ir além. Tem movimentos que a gente precisa colocar mais força e imponência, mas pode ser que nosso jeito seja de uma pessoa mais leve e meiga. E é nesta hora que a dança também ensina que a gente precisa desenvolver todos os nossos lados: o mais suave e o mais forte, o mais doce e o mais imponente.

 

Muitas vezes a gente tem medo de fazer determinados movimentos, por achar que aquilo vai ser exagerado, e por isso ruim. Lembro bem de uma aula recente, onde tínhamos que fazer movimentos maiores, e mais fortes. Vendo nossa dificuldade em conseguir esta intenção do passo, nossa professora sabiamente disse: “Podem fazer maior meninas. Não se preocupem, pois não está exagerado!”. Foi então que pensei que muitas vezes fazemos o movimento pequeno, ou fraco, sem intenção por medo de parecermos exageradas. O medo nos ajuda na vida em algumas situações, mas em certos momentos ele nos atrapalha.

 

Foi então que me lembrei também desta frase que escutei há anos atrás: “Nosso maior medo não é ser insuficiente, nosso maior medo é ser poderoso além da conta. É nossa luz, não nossa sombra, que mais coloca medo. A gente se pergunta: Quem sou eu pra ser brilhante, deslumbrante, talentoso e fabuloso? Na verdade: Quem é você então para não ser?” Gay Hendricks

 

Por isso recomendo: faça aulas de Dança do Ventre pra aprender a dançar. E procure por uma professora que além de te ensinar a dançar, te incentive a ir além, a se superar como pessoa. :)

 

Me conta nos comentários: você também sente que suas aulas de Dança do Ventre te levam além?

 

  Mariana Lolato cuida do Marketing do Central Dança do Ventre, mas em suas horas de lazer faz aulas de Dança do Ventre (pois é apaixonada) e faz um pouco de artesanato.

 

 

 

 


Veja Mais ver todas +

Nuvem de Tags

bailarina vídeos brasil central danca do ventre cairo musica egito homenageada professorabailarina homenageadabailarina arte dançaliteratura dança do ventreartigorevista homenagem